Restaurante Familia Rosso
FARMACIA DO TRABALHADOR

Sumiço de avião com brasileiros na Argentina completa 2 meses; veja o que se sabe

Por Dante Bragatto Neto em 06/06/2022 às 18:18:33
Na aeronave estavam o empresário catarinense Antônio Carlos Castro Ramos, dono do avião, o advogado Mario Henrique da Silva Pinho e o médico Gian Carlos Nercolini. Da esquerda para direita, o médico Gian Carlos Nercolini, o advogado Mário Pinho e o empresário Antônio Ramos

Redes Sociais/Divulgação

O desaparecimento do avião brasileiro que caiu na Argentina em abril completa dois meses nesta segunda-feira (6). À bordo, estavam o empresário catarinense Antônio Carlos Castro Ramos, o advogado Mario Henrique da Silva Pinho e o médico Gian Carlos Nercolini. O trio segue sendo procurado, afirmou a Defesa Civil da província de Chubut, que fica no país vizinho.

Segundo José Mazzei, sub-secretário de Proteção Civil e Gestão de Riscos de Chubut, o órgão aguarda o aparecimento de novos vestígios que possam indicar onde os brasileiros estão.

"Quando há alguém desaparecido, até que o corpo seja encontrado ou seja encontrado vivo, a busca nunca é finalizada. Apenas esperamos o aparecimento de alguma indicação", comentou.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Conforme comunicado da Empresa Argentina de Navegação Aérea (EANA), autoridade que coordena o trânsito aéreo no país, a aeronave possui matrícula PP-ZRT. O número corresponde ao modelo RV-10, que, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil brasileira (Anac), é pertence ao empresário da construção civil de Florianópolis Antônio Carlos Castro Ramos.

Em 14 de abril, a Defesa Civil de Chubut afirmou que a Polícia Civil de Santa Catarina detectou sinais de celular que indicariam a possível localização do avião com brasileiros. Nada foi encontrado na época.

Questionada pelo g1 SC sobre novidades em relação às buscas, a Polícia Civil catarinense afirmou que prestou auxílio nos primeiros dias de procura, especialmente com informações da área de inteligência, mas não teve participação no restante das ações.

Trajeto

Os três brasileiros saíram do aeroporto de El Calafate, na região da Patagônia, com destino a cidade de Trelew, no Sul argentino, mas parou de se comunicar com a base aérea do país no meio do percurso.

Local onde avião caiu na Argentina

Bem Ami/NSC

Quando o avião desapareceu?

A Defesa Civil argentina afirmou, por volta das 18h30 de 6 de abril, que foi perdido o contato com o avião do empresário da Capital. O órgão local também disse que chovia na na área da província, mas que o tempo não impedia os voos.

Avião brasileiro cai no mar da Argentina; veja o que se sabe

De acordo com a autoridade que coordena o trânsito aéreo no país, a aeronave com os brasileiros em voo teve o último contato com o avião nas proximidades da vila de Bahía Bustamante, na província de Chubut. O contato foi registrado pelo Centro de Controle da Área Comodoro Rivadavia.

Monomotor do empresário

Wagner Eduardo/JetPhotos

Os três foram para a Argentina para comemoração do aniversário de um aeroclube no país. Segundo familiares, Antônio Carlos Castro Ramos estava no comando da aeronave.

Há alguma imagem feita pelos ocupantes do avião?

Um vídeo com o que seriam as últimas imagens feitas dentro do avião foram divulgadas. O registro teria sido feito pelo advogado Mário Pinho. As imagens, divulgadas pelo jornal argentino La Opinión Austral, mostram o painel do avião.

Vídeo mostra últimas imagens feitas dentro de avião desaparecido

VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias

Veja mais notícias do estado no g1 SC
Comunicar erro
FARMACIA 2
Peninha
santabike 1

Comentários

DBN TV