Restaurante Familia Rosso
FARMACIA DO TRABALHADOR

Transferência de preso por matar mulher e filho bebê para SC é autorizada, diz delegado

Por Dante Bragatto Neto em 01/08/2022 às 11:44:36
Kelber Henrique Pereira será levado para Blumenau pelo Departamento de Administração Prisional (DEAP). Reportagem tenta encontrar a defesa do homem. Kelber Pereira, de 28 anos, foi preso em São Paulo

Reprodução/NSC TV

O transferência do homem investigado pela morte da mulher de 23 anos e o filho deles bebê, de 3 meses, na segunda-feira (25) em Blumenau, no Vale do Itajaí, foi autorizada pela Justiça, informou o delegado Ronnie Esteves nesta segunda-feira (1º).

De acordo com o investigador, a transferência Kelber Henrique Pereira depende do Departamento de Administração Prisional (DEAP). O órgão disse que informará quando o detento chegar ao estado. Ele foi preso em 27 de julho.

Compartilhe no WhatsApp

Compartilhe no Telegram

A suspeita é de que Jéssica Mayara Ballock e o filho dela, Théo Pereira, tenham sido assassinados dentro do apartamento em que moravam pelo homem. A polícia foi chamada para ir até o local na manhã de segunda-feira (25) e encontrou os corpos.

O suspeito do duplo assassinato teve a prisão temporária solicitada assim que a Polícia Civil iniciou as investigações. A reportagem tenta encontrar a defesa de Pereira, mas não conseguiu contato até a última atualização deste texto.

O outro filho do casal, um menino de 1 ano e 10 meses, estava desaparecido, mas foi localizado em Minas Gerais com os avós paternos. A criança está bem, informou a polícia na terça-feira. No fim de semana, ele foi devolvido aos avós maternos.

Jessica e bebê Theo foram encontrados mortos em Blumenau

Reprodução/Redes sociais

LEIA TAMBÉM:

Jovem encontrada morta com bebê sonhava ser mãe

Jovem é encontrada morta ao lado de filho de 3 meses

As duas vítimas foram encontradas pela polícia com ferimentos na garganta e, segundo o delegado, uma faca com sangue foi estava no apartamento. A Polícia Civil aguarda laudos do Instituto Médico Legal (IML) sobre os corpos.

Nos webstories abaixo, veja como denunciar casos de violência contra a mulher e como pedir ajuda quando há violência doméstica:

VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias

Veja mais notícias do estado no g1 SC
Comunicar erro
FARMACIA 2
Peninha
santabike 1

Comentários

DBN TV